Realização:


Ligado em energia solar


A campanha “Ligado em energia solar” tem como objetivos:

Disseminar as boas práticas e informações sobre o uso do aquecimento solar na cidade de São Paulo, dando suporte à nova lei da cidade que torna obrigatório o uso desta tecnologia nas novas edificações;

Divulgar os benefícios sócio-ambientais da tecnologia solar de aquecimento de água;

Orientar os consumidores da cidade sobre como adquirir e avaliar sistemas de aquecimento solar de água;


Exposições nos parques públicos de São Paulo

Conheça o calendário de exposições de aquecimento solar nos parques públicos da cidade de São Paulo:




Fotos da campanha: “Ligado em energia solar”


Fale conosco
- Congressos, Eventos, Feiras e Palestras.

Se você tem alguma sugestão, crítica, dúvida, escreva para nós.


Benefícios

Com apenas 1m² de coletor em um ano proporciona:

(clique na imagem para ampliar):



Você está “ligado” que existem diversas leis no Brasil sobre aquecimento solar?


São 37 leis aprovadas, sendo 25 municipais e 12 estaduais. Encontram-se em tramitação 30 projetos de leis: 1 municipal, 13 estaduais e 16 federais. Veja a relação de cidades e estados, acessando Cidades Solares.


Como exemplo, temos a cidade de São Paulo possui uma lei que determina novas edificações a terem aquecimento solar:


A lei 14459/2007 sancionada pelo Prefeito Gilberto Kassab, tornou obrigatória a preparação de todas novas casas e edifícios para o uso dos aquecedores solares de água. Casas e apartamentos com 4 ou mais banheiros (incluindo lavabos) são obrigados a instalar os aquecedores solares.


Com a lei 14459/2007, além das casas e apartamentos, ficam obrigados a instalar aquecedores solares de água os seguintes tipos de edificação:


I – hotéis, motéis e similares;


II – clubes esportivos, casas de banho e sauna, academias de ginástica e lutas marciais, escolas de esportes, estabelecimentos de locação de quadras esportivas;


III – clínicas de estética, institutos de beleza, cabeleireiros e similares;


IV – hospitais, unidades de saúde com leitos, casas de repouso;


V – escolas, creches, abrigos, asilos e albergues;


VI – quartéis;


VII – indústrias, se a atividade setorial específica demandar água aquecida no processo de industrialização ou, ainda, quando disponibilizar vestiários para seus funcionários;


VIII – lavanderias industriais, de prestação de serviço ou coletivas, em edificações de qualquer uso, que utilizem em seu processo água aquecida.


Alem disso, ficam obrigados a usar aquecedores solares de água todas as edificações novas ou não que venham a construir uma piscina aquecida.


Consulte aqui a lei e a regulamentação da lei que torna obrigatório o uso de aquecedores solares nas novas edificações da cidade de São Paulo.


São Paulo/SP – Lei 14459 – Dispõe sobre a instalação de sistema de aquecimento de água por energia solar nas novas edificações do Município de São Paulo


São Paulo/SP – Decreto Nº 49.148 – Regulamenta a Lei 14.459 – Aquecimento de água por energia solar




Baixe as cartilhas sobre aquecimento solar e se torne um “Ligado em energia solar”!